Postagens

Mostrando postagens de Março, 2013

34. Pequeno Ensaio Sobre O Trabalho Doméstico

Imagem
fonte da foto: http://brincdeescrever.blogspot.com.br/2012/05/empreguetes-ja-sou-fa.html A empregada doméstica Deve ser tratada com ética 44 horas de labor Como qualquer trabalhador
Recebendo cada hora extra Realizada de segunda a sexta No sábado, apenas 4 horas E depois, livre para ir embora
Assim como eu, como você Direitos para cumprir o dever Passo inevitável e atrasado De um país que um dia quer ser civilizado
O trabalho doméstico no Brasil é herdeiro de uma cultura escravocrata. Nós, empregadores, recebemos durante anos nas nossas casas garotas de 16, 18 anos, que eram expulsas dos seus lares familiares por não terem mínimas condições de sobrevivência.

Diante de uma vida subumana, sem ter o que comer, elas fugiam da seca e da miséria de cidades pobres do interior do país, para se refugiarem em “casas de família”, morando com gente desconhecida, e longe do convívio dos pais e irmãos.


Ali, durante anos, receberam salários mínimos que na época eram ínfimos, sem qualquer direito trabalhista, “d…

33. Cotidiano Urbano Insano

Imagem
Fonte da foto: http://redesdedescansovitoria.blogspot.com.br/2012/04/redes-de-descanso-compartilhando.html
No cotidiano urbano insano O dia precisa ter trinta horas E nem todos os dias do ano Dão conta de cada demanda que aflora
No cotidiano urbano insano Tudo é feito de atropelo O tempo é insuficiente pros planos No fim do dia bate o desespero
No cotidiano urbano insano Achamos que dá fazer tudo um pouco O sono é o primeiro a entrar pelo cano E vivemos todos como bando de loucos
No cotidiano urbano insano Há milhares de armadilhas Mas é possível rever tal engano E viver a vida de forma tranqüila
Dicas para driblar o cotidiano urbano insano em que vivemos:
1. Primeiramente, assimile que:
1.1. Toda escolha é uma renúncia;
1.2. O dia tem 24 horas;
1.3. São necessárias 8 horas de sono;
1.4. O trânsito não vai melhorar.
2. Não programe eventos demais para o dia. Para quem trabalha entre 6 e 10 horas diárias, inglês, atividade física, série de TV e o livro da vez em um único dia, serão impossíveis. Quem tenta …

32. Navegar é...

Imagem
Fonte da foto: http://miltonostetto.blogspot.com.br/2011/06/navigare-necesse-vivere-non-est-nec

Aventurar-se é necessário Além da zona de conforto O acaso é o itinerário A partir do cais do porto
Bússolas e GPS Nunca vão dizer ao certo Tudo aquilo que acontece Ao cruzar o mar aberto
Mas se ficar é condição Que já não fascina mais Não há outra opção A não ser correr atrás
Buscando o que faz sentido Além da linha do horizonte Enfrenta o desconhecido Aquele que constrói a ponte
O perigo não é exclusivo Para quem se lança ao mar Se viver é impreciso É preciso navegar


“Navegar é preciso, viver não é preciso”.
Essa frase sempre me intrigou bastante, desde que me entendo por gente. Qual o sentido da sentença? O que o autor quis dizer, já que “preciso” pode ter significados diferentes? Qual sentido faz mais sentido para mim, como leitor?
Dei uma rápida caminhada ao dicionário para descobrir se “preciso” aceitava mais significados do que os que eu já compreendia:
Preciso 1.Necessário; urgente.
2.Exato, certo, definid…

31. Ouvindo o coração

Imagem
http://mensagemeduvale.wordpress.com/2011/02/22/ouvir-o-coracao/

Fica como papel no vento Voando sem direção Quem permanece desatento Ao que diz o coração
Hesitante, segue caminho Que parece mais objetivo Mas de repente se vê sozinho Em lugar que não tem sentido
E aí nem bens materiais Nem a cerveja do fim de semana Serão capazes de trazer a paz Que a dor de cabeça reclama
Pois corre risco a todo momento De ficar totalmente sem chão Quem permanece desatento Ao que diz o coração
Pesquei as seguintes frases no twitter do Carlos Maltz:
“Para agir com força temos que estar sintonizados com nosso coração... Mas isso não é tão fácil... Temos que ter ouvidos para ouvi-lo... E geralmente a gente ouve a tudo e a todos, antes do nosso coração... Pois ouvir o coração pode nos levar a fazer algumas coisas que não são aprovadas pela maioria ou pela média “normal”...
E quem não ouve o coração fica que nem papel no vento... Pra lá e pra cá... E geralmente tem muita dificuldade para agir, pois não consegue fazer suas e…