Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2012

17. A pé

Imagem
fonte da foto: http://planetasustentavel.abril.com.br/blog/sustentavel-na-pratica/e-preciso-voltar-a-andar/
Danças entre andanças e mudanças
Ando por aí Às vezes só Às vezes bando Ando
Ando por aí Às vezes rumo Às vezes errando Ando
Ando por aí Às vezes longo Às vezes brando Ando
Mudo por aí Às vezes só Às vezes mundo Mudo

É engraçado ler algumas citações em contextos aparentemente superficiais sobre o quanto é necessário mudar a si mesmo para mudar o mundo. A afirmação em si, tem profundidade; mudar a si mesmo é um processo complexo, doloroso, com implicações e conseqüências que podem sim, transformar o ambiente em que se está inserido.
Há mudanças que buscamos incessante e forçadamente, por julgá-las necessárias ou bem vindas para nossa vida, apesar de nossa índole automaticamente apontar para outra direção. Essas são as mais difíceis. Mas tem também algumas mudanças que vão acontecendo aos poucos, em ritmo homeopático, só possíveis de perceber a partir de uma análise baseada num certo período de temp…

16. Música do Mês. Novembro. Superfície.

Player:
Link: http://www.youtube.com/watch?v=W6j9oxvmEyc&feature=youtu.be
Para ouvir: clique no link OU no player, ambos acima
Sim, está tudo bem Eu estou feliz E todos também
Sim, está tudo ok Agora é assim É a nova lei
O sucesso é uma imagem Incerteza é palavrão O amor na tatuagem Em silêncio o coração
Sim, está tudo dez Da boca pra fora Da cabeça aos pés
Sim, está tudo legal Na cara, na foto No mundo virtual
Logo acima do tapete Peças de decoração Cá na superfície, enfeite Mas há poeira no porão
Um mergulho em águas rasas Medo de não ter pulmão Mas um dia cai a casa E vem à tona o porão
Oba! Chegou Superfície, 6ª música do projeto “UMA PALAVRA VALE MAIS QUE MIL IMAGENS”! Que felicidade

15. Desperdício de energia e maturidade

Imagem
http://noobicenuncamais.wordpress.com/2011/03/14/atalhos-do-teclado/ Passos precisos e preciosos
Velocidade e atitude Explosão e impulsividade Pilares da juventude Sintomas de pouca idade
Depois de idas e vindas E de um tanto de estrada Sabedoria é bem vinda Atalhos e vias douradas
A maturidade ensina A dar passos mais bem calculados Mostrando o mapa da mina Evitando campos minados
O processo é salutar Evolui-se a cada dia Aprendendo a evitar Desperdício de energia

14. Meio do Caminho

Imagem
Fonte da foto:http://paixaoanimal.blogspot.com.br/2009/02/ponte-indiana-jones.html Do meio, as margens são o mesmo horizonte A chegada à metade da ponte Determinante: seguir ou voltar? Do meio, as margens são o mesmo horizonte Tanto pro lado de cá ou de lá
E pensando que a decisão crucial Deu-se ao encarar a travessia Mas passado aquele impulso inicial Bate a dúvida, o cansaço, a apatia
Será melhor concluir a jornada? Já que estamos aqui, seguir logo adiante Ou seria melhor pegar outra estrada Começando do zero com fôlego iniciante
Novo amor, novo curso, nova cidade Novo jogo, nova equipe, sempre é nova, a paixão É tão sabedoria desistir de uma atividade Quanto insistir na mesma direção Frequentemente vemos pessoas anunciando o início de uma nova caminhada: descrevem, entusiasmadas, a chegada do inédito desafio; ponderam, hesitantes, sobre os receios que as incertezas da mudança inevitavelmente trazem.
Também é bastante comum assistirmos os desabafos de quem chegou ao final de uma jornada: revela-se, co…